© Istock/ SandroSalomon
© Istock/ SandroSalomon

Blumenau, a cidade anfitriã do Oktoberfest do Brasil

3 minutos de leitura

Esta é uma história traduzida com a ajuda da tecnologia.

Este texto foi traduzido para Português a partir do original em English

Sabias que, fora da Alemanha, a maior festa do Oktoberfest está localizada no Brasil? Mais especificamente em Blumenau, a terceira maior cidade do estado de Santa Catarina - atrás de Joinville e Florianópolis (a Capital). Todos os anos, Blumenau recebe a festa em Outubro, recebendo mais de meio milhão de pessoas na sua "Vila Germânica". Mas Blumenau é mais do que apenas a Oktoberfest, a cidade também oferece uma excelente experiência turística para aqueles que procuram um contexto cultural diferente dentro do Brasil. E eu recomendaria isto até mesmo para os visitantes alemães porque apesar de ser um bocado do país europeu, os brasileiros fazem a diferença em relação ao mix cultural.

Blumenau (Vila Germânica)
Blumenau (Vila Germânica)
Velha, Blumenau - SC, 89012, Brasil

O nome de Blumenau vem do sobrenome de Hermann Bruno Otto Blumenau, um imigrante alemão que fundou a cidade em meados do século XIX. Blumenau tornou-se um distrito em 1873, durante a Guerra do Paraguai (quando o Brasil lutou contra o Paraguai, defendendo o território na região sul), quando um grande número de moradores de Blumenau se voluntariaram para o exército, para proteger a sua pátria adoptada.

© Istock/ SandroSalomon
© Istock/ SandroSalomon

A principal fama de Blumenau está ligada às suas raízes européias, e isso contribui para tornar este destino fantástico: pode ver a incrível arquitetura alemã, inúmeras cervejarias e, é claro, a beleza natural, com uma bela paisagem.

Aldeia Alemã

O local do Oktoberfest em Blumenau também é uma atração turística durante todo o ano. Claro que sem os milhares de pessoas que invadem os pavilhões, mas com grandes restaurantes com menu exclusivamente alemão, à base de carne de porco, batatas e muitas cervejas - é visitado por moradores locais e turistas. O parque foi construído com arquitetura tradicional alemã, e é o lugar mais fixe que encontrarás em Blumenau para tirar umas belas fotos. O espaço é redondo e tem quase 30 mil m² para dares uma caminhada agradável. A entrada é gratuita e está aberto de segunda a sexta-feira das 08h00 às 23h00. Sábado das 10h00 às 23h00 e domingo das 11h00 às 23h00.

© Fábio Jardelino
© Fábio Jardelino

Rua XV de Novembro

Esta rua, localizada no centro da cidade, tornou-se um ponto turístico por causa da sua típica arquitetura alemã, que destaca toda a cultura de Blumenau. Quanto às atrações, podes encontrar o relógio de flores, a Câmara Municipal, a Catedral de São Paulo Apóstolo, o Teatro Carlos Gomes, lojas e restaurantes.

© Istock/ carloscardetas
© Istock/ carloscardetas

Museus

Blumenau tem muitos museus, mas recomendo vivamente o Museu de Hábitos e Costumes. É muito interessante aprender um pouco mais sobre o património europeu da cidade. O espaço tem roupas, objectos e informações sobre como as pessoas viveram nos últimos séculos na região de Blumenau. Mas lembra-te que não está aberto às segundas-feiras. Nos outros dias, está aberto das 10h às 16h, e a entrada é de cinco reais (1,20 euros).

© Fábio Jardelino
© Fábio Jardelino

Claro que Blumenau também tem o Museu da Cerveja. A entrada é gratuita, e lá verás equipamentos antigos, objectos, fotografias e documentos que remontam à história da bebida no Brasil. Está aberto durante a semana, geralmente das 9h às 17h e nos fins de semana das 10h às 16h. Outro lugar agradável para visitar é o Museu da Família Colonial. 6.200 peças contam a história dos colonos e fundadores de Blumenau. Tem o mesmo horário de abertura que o Museu dos Hábitos e Costumes.

Espero que goste de Blumenau tanto quanto eu gostei!


O autor

Fabio Jardelino

Fabio Jardelino

Nasci em uma cidade grande no Brasil, chamada Recife, mas percebi que não era grande o suficiente para mim. Morei no Brasil, depois no exterior e atualmente estou na Europa, mas sempre que tenho chance, volto ao Brasil para curtir meu maravilhoso país. Além disso, quero dar um pouco dessa experiência brasileira para vocês, através de meus artigos e fotos.

Histórias de que também poderá gostar