© Credits to istock / RubyRascal
© Credits to istock / RubyRascal

Piscinas e fontes termais da Islândia

3 minutos de leitura

Esta é uma história traduzida com a ajuda da tecnologia.

Este texto foi traduzido para Português a partir do original em English

Não há melhor maneira de passar um escuro dia de inverno na Islândia do que relaxar nas águas vaporosas de algumas das várias piscinas geotérmicas ao ar livre e fontes termais naturais. Ao mesmo tempo, estará a ter uma experiência islandesa essencial, e a curar os músculos após um longo dia de caminhada ou uma noite divertida em Reykjavik.

Graças aos seus muitos vulcões, a Islândia tem uma grande oferta de piscinas geotérmicas. E não só - até mesmo a água da torneira às vezes sai quente! Tomar banho nas águas quentes aqui é obrigatório. Os islandeses fazem-no por diversão, porque é saudável e relaxante, mas às vezes também usam estas piscinas como locais para uma reunião de negócios ou simplesmente para conversar com um amigo em vez de ir a um café. Esta tradição remonta à época dos Vikings. Aqui estão alguns dos locais que vale a pena visitar - alguns deles feitos pelo homem, outros naturais, alguns gratuitos, outros não.

© Credits to istock / JavenLin
© Credits to istock / JavenLin

Lagoa Secreta

Não se deixe enganar pelo nome. A Lagoa Secreta não é nenhum segredo hoje em dia. Está localizada a cerca de 100 km de Reykjavik, dentro do "Círculo Dourado". Na verdade, esta é uma ótima maneira de terminar o percurso do Círculo Dourado. A Lagoa Secreta é uma das piscinas mais antigas do país, datando de 1891, e é por isso que para a maioria dos islandeses ela é conhecida como "Gamla Laugin", que significa A Piscina Velha. A piscina é natural, com temperatura de 38-40ºC. Mesmo ao lado, há um mini geiser que entra em erupção de poucos em poucos minutos. Como na maioria das piscinas públicas na Islândia, também aqui é obrigado a tomar banho (completamente) nu antes de nela entrar.

Secret Lagoon
Secret Lagoon
Hvammsvegur, 845 Flúðir, Iceland
© Credits to: Ferdaus Chia @lifeinvisuals
© Credits to: Ferdaus Chia @lifeinvisuals

Reykjadalur

Para chegar a Reykjadalur, um dos locais de banho mais populares da Islândia, é necessário conduzir durante 45 minutos desde Reykjavik até à cidade de Hveragerði, e depois fazer mais 45 minutos de caminhada, enquanto desfruta de algumas paisagens no caminho. Depois de subir, vai encontrar um rio aquecido, um lugar onde as águas quentes se misturam com riachos mais frios, por isso pode procurar até encontrar a sua temperatura de banho perfeita. Reykjadalur é gratuito, mas por favor note que não há vestiários e outras instalações em redor.

Reykjadalur
Reykjadalur
Reykjadalur, Iceland
© Credits to istock / krblokhin
© Credits to istock / krblokhin

Lagoa Azul

A Lagoa Azul é de longe a fonte termal mais popular na Islândia, mas principalmente entre os turistas. Com a sua água leitosa, parece quase surrealista. Ao contrário da anterior, esta não é gratuita, e o bilhete mais barato é de cerca de 50 euros. A entrada para a lagoa é controlada para que nunca fique sobrelotada. Todo o conceito aqui é diferente e o lugar é bastante luxuoso. Oferece todos os tipos de tratamentos, há um restaurante e além de todas os apoios que possa imaginar, ainda tem bar dentro de água, hotel, grutas e quartos a vapor, por isso pode-se facilmente passar meio dia aqui. Está convenientemente localizado, a apenas 30 minutos de carro de Reykjavík e perto do aeroporto, por isso pode ser a sua última paragem antes de apanhar o seu voo de regresso a casa. No caso de ainda restar algum dinheiro, claro.

Blue Lagoon
Blue Lagoon
Nordurljosavegur 9, 240 Grindavík, Islande
© Credits to istock / elkaphotos
© Credits to istock / elkaphotos

Sundhöllin

SSe não lhe apetecer sair de Reykjavik, também há piscinas na cidade. Para um bom equilíbiro qualidade/preço, sugiro um lugar onde a maioria dos habitantes locais vão - Sundhöllin (o "Palácio da Natação"), perto da igreja Hallgrímskirkja. Este é o mais antigo banho público da Islândia, inaugurado em 1937. A arquitetura do edifício é minimalista e o interior foi renovado recentemente. Há a piscina principal, e dois jacuzzis no telhado, onde pode desfrutar de belas vistas sobre a cidade.

Sundhöllin
Sundhöllin
Barónsstígur 45a, 101 Reykjavík, Iceland

Cidades interessantes relacionadas com esta história


O autor

Natacha Costa

Natacha Costa

Olá, vou falar-vos do sul de França, dos Açores, da Islândia, entre outros lugares, aqui no itinari. Viajar ensinou-me mais do que qualquer outra escola, e estou entusiasmado por partilhar convosco esta minha paixão!

Histórias de que também poderá gostar