© IStock / LUCKOHNEN
© IStock / LUCKOHNEN

Encontro das águas - a beleza natural de Manaus

2 minutos de leitura

Esta é uma história traduzida com a ajuda da tecnologia.

Este texto foi traduzido para Português a partir do original em English

Manaus é a capital do maior estado do Brasil, o Amazonas. Com crosta no coração da floresta amazônica, a cidade possui quatro milhões de habitantes e uma economia forte, mas também belezas naturais surpreendentes e bem preservadas. Uma delas é o 'encontro das águas', o lugar onde os rios Negro e Solimões se encontram, formando uma linha que divide as densas águas negras e marrons. Definitivamente, esta experiência é uma das maiores maravilhas que você terá em sua vida.

© Istock / Anton Gervasyev
© Istock / Anton Gervasyev

Quando você está olhando para este fenômeno pela primeira vez, você pensa que não é uma coisa natural, mas sim um desastre ecológico. Isso é porque a água escura profunda não se mistura realmente com a castanha. Ele corre através do rio, como quando o petróleo encontra água. Isto acontece devido às diferenças entre as águas, a densidade, a temperatura e a velocidade das correntes. Enquanto o Rio Negro corre com cerca de 2 km por hora, a uma temperatura de 28° C, o Rio Solimões corre com 5 km por hora, a uma temperatura de 22° C.

Meeting of Waters, Manaus
Meeting of Waters, Manaus
Meeting of Waters, Careiro da Várzea - State of Amazonas, 69255-000, Βραζιλία
© Istock / OscarEspinosa
© Istock / OscarEspinosa

Tenha em mente que estes passeios são mais frequentes durante o período de chuvas, quando o rio atinge sua capacidade total (de janeiro a julho). Por estes meses, você pode ver a beleza mais clara deste espetáculo natural, e também admirar a biodiversidade - tanto dentro da água como fora dela, dentro das margens do rio. O encontro das águas também se estende por mais de 5 km. Esta união é o que forma o Rio Amazonas, um dos maiores do mundo. A propósito, este forte contraste de cores pode ser visto até mesmo do espaço. É realmente algo que se tem que experimentar quando se está em Manaus.

© Istock / homero lacerda
© Istock / homero lacerda

Chegar lá é fácil; para mais informações, você pode consultar o site oficial do governo. Não custa mais do que 100 reais (ou seja, 20 euros) por pessoa. Normalmente, os barcos vêm do Porto de Ceasa, e a viagem inclui navegar pelo Rio Amazonas e seus pequenos afluentes. Pode levar de 2 a 4 horas - certifique-se de marcar tudo com antecedência, mas não muito antes, porque as condições desta viagem dependem sempre das condições meteorológicas.

Porto da Ceasa
Porto da Ceasa
Av. Min. Mário Andreazza, 913 - Vila Buriti, Manaus - AM, 69075-390, Brasil

Lembre-se de trazer repelente de insetos, protetor solar e uma capa de chuva (que é a melhor dica que eu posso dar) - aproveite esta experiência fantástica. Até logo!!!


O autor

Fabio Jardelino

Fabio Jardelino

Nasci em uma cidade grande no Brasil, chamada Recife, mas percebi que não era grande o suficiente para mim. Morei no Brasil, depois no exterior e atualmente estou na Europa, mas sempre que tenho chance, volto ao Brasil para curtir meu maravilhoso país. Além disso, quero dar um pouco dessa experiência brasileira para vocês, através de meus artigos e fotos.

Histórias de que também poderá gostar