© iStock / Alexandre Fagundes
© iStock / Alexandre Fagundes

Biblioteca Nacional no Rio: a maior biblioteca da América Latina

4 minutos de leitura

Esta é uma história traduzida com a ajuda da tecnologia.

Este texto foi traduzido para Português a partir do original em English

Você provavelmente não sabia disso, mas a maior biblioteca da América Latina está localizada no Brasil e, mais especificamente, na maravilhosa cidade do Rio de Janeiro. Junto com outros atrativos turísticos da cidade, como grandes monumentos, paisagens naturais e museus, a Biblioteca Nacional mostra sua importância não só para o Rio, mas para a história do país.

A Biblioteca Nacional é a detentora e guardiã da memória do Brasil, pois armazena todos os livros produzidos no país desde a sua origem. A cidade do Rio de Janeiro foi a capital do Brasil durante quase 200 anos: como resultado, no início do século XX, o governo decidiu construir no centro da cidade esta fantástica construção. Era grande o suficiente para abrigar seus quase 9 milhões de livros e se tornar o símbolo da cidade. Através deste artigo, vou mostrar-lhe como visitar e o que esperar deste destino indispensável.

National Library of Brazil (Biblioteca Nacional), Rio de Janeiro
National Library of Brazil (Biblioteca Nacional), Rio de Janeiro
Av. Rio Branco, 219 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20040-008, Brasil

História

Antes de explicar a história do edifício, tenho de vos contar um pouco sobre a história da instituição. Tudo começa após a chegada da família real portuguesa ao Brasil em 1808, que foi resultado da invasão de Portugal pelas tropas francesas comandadas por Napoleão Bonaparte. Por causa deste fato, a corte portuguesa trouxe ao Brasil toda a coleção de livros reais em três etapas, a primeira em 1810 e as outras duas em 1811.

© Facebook / Biblioteca Nacional
© Facebook / Biblioteca Nacional

No entanto, naquela época, o Brasil não tinha infra-estrutura para suportar todo esse catálogo de livros em 1810. Por isso a biblioteca foi inicialmente instalada nas salas do andar superior do Hospital da Ordem Terceira do Carmo, que não era exatamente o melhor lugar para abrigar este valioso acervo. De qualquer forma, as obras do novo edifício começaram em 1813, quando a colecção ia ser transferida.

Oficialmente estabelecida em um novo local, a Biblioteca continuou a ter seu acervo ampliado, através de compras, doações e principalmente pela entrega obrigatória de um exemplar de todo o material impresso produzido em Portugal e da Impressão Real do Brasil. Ainda hoje, o Decreto de Depósito Legal continua em vigor: a doação à Biblioteca Nacional de uma amostra de cada livro impresso no Brasil ainda é obrigatória.

© Flickr / Arquivo Nacional
© Flickr / Arquivo Nacional

Em 1858, devido à sua dimensão, a Biblioteca foi transferida para a Rua do Passeio, número 60, no Largo da Lapa. Atualmente, este prédio abriga a Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mas com o crescimento constante e permanente do acervo da Biblioteca, a criação da sede final maior foi importante. E foi por isso que seu prédio atual foi projetado. A construção começou em 15 de agosto de 1905 e mostra um estilo eclético, no qual elementos neoclássicos e art nouveau são misturados. A inauguração teve lugar em 29 de outubro de 1910.

Visita guiada

A visita guiada é a melhor forma de descobrir o interior do edifício e apreciar a sua imponente arquitectura. No interior, o edifício exibe escadarias ornamentadas, amplas clarabóias em vitrais coloridos e salas preservadas, além das obras de arte que decoram os espaços - tais como pinturas, painéis e esculturas. Nos corredores que conduzem ao Salão de Obras Raras e no Espaço Cultural "Eliseu Visconti", você também encontrará exposições temáticas de diferentes coleções.

© Facebook / Biblioteca Nacional
© Facebook / Biblioteca Nacional

A visita guiada à Biblioteca Nacional é gratuita e pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, em três línguas diferentes: Português, Inglês, e Espanhol. Para ter acesso, é necessário ir à recepção da visita guiada, localizada no salão principal. Tenha em mente que você também tem a opção de visitar por conta própria sem o guia.

© Facebook / Biblioteca Nacional
© Facebook / Biblioteca Nacional

Durante a semana, o visitante pode ver o interior das salas de leitura a partir das suas portas exteriores de luxo. Isto porque o acesso ao seu interior é exclusivo para os investigadores devidamente registados, em consulta com a colecção. Aos sábados, a visita não é permitida, e apenas as salas do segundo andar permanecem abertas. Aos domingos, está tudo fechado.

© Facebook / Biblioteca Nacional
© Facebook / Biblioteca Nacional

Como chegar lá

A Biblioteca Nacional está localizada no centro histórico do Rio e, para chegar lá, você pode pegar basicamente qualquer meio de transporte público que vá até o centro. De metrô, vá até a Estação Cinelândia e use a saída C. De bonde, pegue a linha 1 (azul) em direção ao aeroporto Santos Dumont e desça na Estação Cinelândia. De ônibus, você pode escolher linhas com itinerários ao longo da Avenida Graça Aranha: desça nas paradas de ônibus localizadas entre os números 58-76 desta avenida. A propósito, minha sugestão aqui é evitar ir no seu próprio carro. No entanto, se decidir fazê-lo, há um estacionamento subterrâneo na Praça Mahatma Gandhi, não muito longe da Biblioteca - os preços podem ser muito altos, dependendo da época do ano.

© Wikimedia Commons / Halleypo
© Wikimedia Commons / Halleypo

A Biblioteca Nacional no Rio é a memória do Brasil e um dos melhores lugares para se visitar na cidade. A maior biblioteca da América Latina está esperando para ser explorada! Aproveite!


O autor

Fabio Jardelino

Fabio Jardelino

Nasci em uma cidade grande no Brasil, chamada Recife, mas percebi que não era grande o suficiente para mim. Morei no Brasil, depois no exterior e atualmente estou na Europa, mas sempre que tenho chance, volto ao Brasil para curtir meu maravilhoso país. Além disso, quero dar um pouco dessa experiência brasileira para vocês, através de meus artigos e fotos.

Histórias de que também poderá gostar