© Fábio Jardelino
© Fábio Jardelino

Sítio da Trindade em Pernambuco - a última resistência contra a invasão holandesa

2 minutos de leitura

Esta é uma história traduzida com a ajuda da tecnologia.

Este texto foi traduzido para Português a partir do original em English

Se gostas de sítios históricos ou apenas queres encontrar um belo parque para relaxar, deves visitar o Sítio da Trindade, um parque público em Recife, localizado no bairro Casa Amarela. A região remonta ao período colonial brasileiro quando Portugal lutava contra várias nações para manter o território brasileiro como o conhecemos hoje. A maioria dessas batalhas foi contra a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, que invadiu Pernambuco e outros estados do Nordeste do Brasil. Uma dessas batalhas aconteceu precisamente no Sítio da Trindade, que na época se chamava Forte do Arraial do Bom Jesus.

Sítio da Trindade
Sítio da Trindade
Sítio da Trindade - Estr. do Arraial, 3259 - Casa Amarela, Recife - PE, 52051-380, Brasil
©  Fábio Jardelino
© Fábio Jardelino

Para entender a importância deste lugar, primeiro, tens que imaginar a história por trás. Em fevereiro de 1630, navios holandeses entraram em águas brasileiras para invadir Pernambuco, que na época era o maior produtor mundial de açúcar. Depois de conquistar o litoral do Recife e os fortes construídos para a proteção do porto e das cidades, o governador da capitania, Matias de Albuquerque, fugiu para o "campo" e forjou o forte no Sítio da Trindade.

O facto engraçado é que, naquela época, esta região estava totalmente no meio da selva, longe do centro da cidade. Hoje, porém, com o crescimento natural de Recife, faz parte da Zona Norte da Cidade, cercada por prédios, e a não mais de 20 minutos do litoral.

 ©  Fábio Jardelino
© Fábio Jardelino

No final do século XX, uma pesquisa arqueológica realizada pela Universidade Federal de Pernambuco revelou parte do fosso, a base das paredes e a barragem. Uma grande quantidade de munições e objectos pessoais dos combatentes também foram encontrados lá. É definitivamente um lugar bonito para visitar e conhecer melhor a cultura brasileira.

 ©  Fábio Jardelino
© Fábio Jardelino

O forte funcionou como um ponto de resistência luso-brasileiro contra os flamengos entre 1630 e 1635, quando os invasores holandeses bombardearam e tomaram a fortaleza. Após a queda da resistência, alguns moradores retornaram ao local, agora sob ocupação holandesa, e tentaram reparar as casas que tinham sido bombardeadas. Com o tempo, porém, a terra foi dividida em vários sítios e propriedades. Nesse período, as terras passaram para as mãos da família "Trindade Paretti". Por esta razão, chama-se Sítio da Trindade.

 ©  Fábio Jardelino
© Fábio Jardelino

Atualmente, o local possui um chalé colonial, construído pela família Trindade Paretti, com 600 metros quadrados. Abrange 6,5 hectares de área verde, transformada em parque público, onde os moradores podem praticar desportos ou desfrutar da natureza. Além disso, todos os anos em junho, a festa de São João, uma celebração folclórica da cultura pernambucana, acontece neste mesmo local.

 ©  Fábio Jardelino
© Fábio Jardelino

O autor

Fabio Jardelino

Fabio Jardelino

Nasci em uma cidade grande no Brasil, chamada Recife, mas percebi que não era grande o suficiente para mim. Morei no Brasil, depois no exterior e atualmente estou na Europa, mas sempre que tenho chance, volto ao Brasil para curtir meu maravilhoso país. Além disso, quero dar um pouco dessa experiência brasileira para vocês, através de meus artigos e fotos.

Histórias de que também poderá gostar